“O Outro Lado” é o segundo álbum da carreira musical de Celso Cardoso.

O primeiro, “Deixa Acontecer” foi lançado em 2009, no teatro Anchieta do Sesc Consolação, e contou com as participações especiais do trombonista Bocato e do cantor e compositor Kiko Zambianchi. No show Celso mostrou, entre outras canções, “Vamos Comemorar”, de Pit Passarell – canção gravada depois pelo Capital Inicial – e “Deixa Acontecer”, uma parceria com Wayne Hussey, líder da banda inglesa The Mission UK.

Em “O Outro Lado”, Celso revela com maior ênfase seu lado compositor. É o autor das letras de seis das treze músicas gravadas. Em “Olhos Vendados”, por exemplo, divide a autoria com Thedy Correa (Nenhum de Nós) que também participa cantando a canção. A balada “Um Dia Talvez” tem como parceiro Edu Falaschi, ex-Angra. Com o tecladista Zé Ruivo e com o baixista Mingau (Ultraje a Rigor) escreveu “Antes que o Mundo Acabe” um rock vigoroso com a participação especialíssima de Mário Fabre, baterista dos Titãs. Marcos Kleine (Ultraja e Rigor) é parceiro em “Nem Tudo é o Que Parece Ser”. E no ritmo do rock`n`roll, Celso também escreveu “Sempre Mais” e “Eu Quero Ficar Só”.

O álbum também apresenta releituras de Nenhum de Nós (“Cada Lugar”), Kiko Zambianchi (“Tudo É Possível”) e Legião Urbana. O destaque fica para “Sete Cidades”, com interpretação arrojada, arranjos envolventes e bateria marcante de Bacalhau do Ultraje a Rigor. É o segundo single do novo trabalho. O primeiro, “Cala a Boca, Maradona”, de Mário Fabre, abre o cd e dá o tom das outras 12 faixas que vêm a seguir. “Maluca”, de Kléber Albuquerque, fecha o disco com lirismo e leveza.

Nos shows, Celso Cardoso está sempre acompanhado da banda “Os Impossíveis” (Mingau, Marcos Kleine, Caio Mancini e Zé Ruivo) que já o acompanha há oito anos.

Capa do álbum “O Outro Lado”

Contato para Shows (11) 94734-8626