João Carlos Martins e Bachiana Filarmônica SESI-SP se apresentam no Gazeta

Em sessão única e entrada gratuita, concerto acontece no próximo dia 7 de junho

O renomado pianista e maestro João Carlos Martins se apresenta, ao lado da Bachiana Filarmônica SESI-SP no próximo dia 7, a partir das 20h, no Teatro Gazeta, em São Paulo (SP). O evento, que integra a Temporada de Concertos 2022, tem entrada gratuita, porém, para prestigiar, é preciso realizar um cadastro prévio online.

Para compor o repertório desta noite, foram escolhidas as obras Jesus alegria dos homens, de J. S. Bach; Eine Kleine Nachtmusik (1º movt.) e Sinfonia n.º 40 (1º movt.), ambas de W. A. Mozart, e Dança Húngara n.º1, de J. Brahms. Além disso, também serão executadas Ladies in Lavender, de Nigel Hess, A Missão e Cinema Paradiso, de Ennio Morricone, Maluco Beleza, de Raul Seixas, e Mourão, de César Guerra-Peixe.

INGRESSOS A entrada é gratuita e os ingressos deverão ser retirados no site do Teatro Gazeta, clicando no botão Ingressos nesta página.

O concerto é produzido pela Fundação Bachiana, por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério do Turismo do Governo Federal. O Teatro Gazeta [http://www.teatrogazeta.com.br/] fica na avenida Paulista, 900, térreo – Bela Vista, São Paulo.

LINK PARA VÍDEOS
E agora, João? Clique aqui
Maestro ao piano Clique aqui

PARA MAIS FOTOS PASTA FLICKR Clique aqui

MAESTRO Dono de um talento ímpar, João Carlos Martins iniciou seus estudos de piano ainda aos 8 anos de idade. Aos 13 anos começou a consolidar sua carreira no Brasil e cinco anos mais tarde no exterior. Patrocinado por Eleanor Roosevelt, que era, naquele momento, a primeira-dama dos Estados Unidos, João fez sua estreia no Carnegie Hall, uma das salas de espetáculos mais famosas de Nova York. Na época, ele tinha 21 anos e, depois disso, todos os concertos que ele realizou no local tiveram lotação esgotada.

Porém, uma série de acontecimentos quase interrompeu sua carreira. O maestro teve que lidar com os efeitos de um acidente durante uma partida de futebol, um golpe dado em sua cabeça durante um assalto na Bulgária, e uma distonia focal, doença que altera o funcionamento dos músculos e compromete os movimentos. Com a progressão da enfermidade, João Carlos Martins sentia dificuldades para tocar piano, o que resultou, em 2002, que ele abandonasse os palcos como pianista.

Entretanto, não deixou a música de lado, indo estudar regência. Em 2006, criou a Fundação Bachiana com a missão de democratizar o acesso à música e fomentar o cenário da arte no Brasil e no mundo. Atualmente, é regente e diretor-artístico da Bachiana Filarmônica SESI-SP, orquestra conhecida internacionalmente. Recentemente, voltou a tocar piano usando as duas mãos com a ajuda de ‘luvas biônicas’, desenvolvidas e presenteadas pelo designer industrial Ubiratatan Bizarro Costa.

ORQUESTRA O primeiro concerto da Bachiana Filarmônica SESI-SP aconteceu em 2004, na Sala São Paulo, seguindo, logo depois, para salas de espetáculo renomadas do Brasil e do mundo, levando um repertório composto por obras de Brahms, Tchaikovsky, Beethoven, entre outros grandes nomes da música erudita.

No desejo de atuar na evolução musical dos jovens, foi fundada a Orquestra Bachiana Jovem, em 2006. Após apresentações em diversas cidades, as duas orquestras — Bachiana Filarmônica SESI-SP e Bachiana Jovem — se tornaram uma só: a Bachiana Filarmônica SESI-SP, uma das mais importantes orquestras da iniciativa privada do país.

SERVIÇO
Concerto Maestro João Carlos Martins e Fundação Bachiana Filarmônica SESI-SP
Data: 07 de junho
Hora: 20h
Ingressos gratuitos: www.teatrogazeta.com.br
Local: Teatro Gazeta – avenida Paulista, 900, Bela Vista, São Paulo – SP – MAPA AQUI